quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

Os Melhores de 2014 - Álbuns



Que ano, meus amigos, que grande ano foi este 2014 para a música portuguesa. Foi tão bom que a elaboração da minha lista com os melhores, não foi tarefa fácil.
Este ano, nem a escolha do primeiro foi fácil, mas decidi usar como critério de desempate, não só o número de vezes que ouvi o disco, mas também o número de vezes que o mostrei a amigos.
Assim, sem dúvida que o disco que mais mostrei a outros e foi um belíssimo companheiro de viagem foi - Montanha Vol.1 - o primeiro álbum de Senhor Vulcão.
Os seguintes a entrar para o top 3, foram o novo do Nuno Prata e o novo de Zeca Medeiros que, no último mês do ano, lançaram discos que estão muito perto da perfeição.
Mas para ser sincero, na minha lista não há discos menos bons, limitei a minha lista a 30 títulos, mas podia facilmente chegar aos 40, e isso só prova que a criatividade dos nosso músicos está em altas, que continue assim por muitos anos.
Sem mais delongas, aqui fica então a lista completa:

1. Senhor Vulcão - Montanha vol.1
2. Nuno Prata - Nuno Prata
3. Zeca Medeiros - O Aprendiz de Feiticeiro
4. Guta Naki - Perto Como
5. Mão Morta - Pelo Meu Relógio São Horas de Matar
6. You Can't Win Charlie Brown - Diffraction/Refraction
7. A Jigsaw - No True Magic
8. The Legendary Tigerman - True
9. Throes+The Shine - Mambos de Outros Tipos
10. Sam Alone & The Gravediggers - Tougher Than Leather
11. Bruno Pernadas - How Can We Be Joyful in a World Full of Knowledge
12. Clã - Corrente
13. Dead Combo - A Bunch of Meninos
14. O Clube - O Clube
15. Flávio Torres - Canalha
16. Keep Razors Sharp - Keep Razors Sharp
17. Coelho Radioactivo - Canções Mortas
18. Lazyman - 5am
19. B Fachada - B Fachada
20. Maria de Medeiros - Pássaros Eternos 
21. António Zambujo - Rua da Emenda
22. Capicua - Sereia Louca
23. Souq - at La Brava vol.2 of Red Desert Song
24. Frankie Chavez - Heart & Spine
25. Batida - Dois
26. D'Alva - BatequeBate
27. Paus - Clarão
28. 5-30 - 5-30
29. Capitão Fausto - Pesar o Sol
30. Um Corpo Estranho - De Não Ter Tempo

Agora que venha 2015!

Sem comentários:

Publicar um comentário