quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

É Português? Não Gosto?

Quando leio na Blitz comentários do género: “este ano não ouvi nenhuma música portuguesa” ou “não conheço música portuguesa” escritos nas caixas de comentários debaixo do pedido de votações para os melhores discos do ano, fico “doente”. Quando oiço coisas semelhantes por parte de gente que até gosta de música e não faz sequer um esforço para ouvir o que é nosso, fico ainda pior.
Por vezes penso que a existência de portugueses que não gostam de música portuguesa, se deve a uma elevada dose de ignorância, preconceito bacoco e falta de amor-próprio potenciada pela fraca divulgação do que se vai fazendo nas nossas rádios (excepto a Antena 3 que vai mantendo a “chama viva”) e TV.
Depois há fins-de-semana como o que passou - em que entre o Cine Teatro de Estarreja com David Fonseca, o Teatro Aveirense com Rodrigo Leão e o Centro Cultural de Ílhavo com a segunda noite esgotada de Pedro Abrunhosa, estavam cerca de 1500 pessoas a ouvir música feita por portugueses, na região onde vivo, para não falar dos dois Coliseus (Lisboa e Porto) cheios para ouvir The Legendary Tigerman e outros dois para Deolinda no Porto (com mais dois em Lisboa para a semana) - e a minha esperança renasce.
Claro que não fico a pensar que vai tudo bem na nossa música, mas acredito que com uma boa divulgação e mais “tempo de antena” nos nossos meios de comunicação a música portuguesa tem futuro, basta que haja mais gente a lutar por ela.
O que peço é que a oiçam, pois com tanta variedade de música que se vai fazendo por cá, acredito que venham a gostar de alguma, não se ponham é a ouvir exclusivamente o que é estrangeiro como só isso é que fosse bom.

8 comentários:

SPES disse...

Hoje em dia com a quantidade de boa música que se faz em Portugal, com as ferramentas que há para divulgação do trabalho dos artistas, nomeadamente online, e com a vontade, partilhada por artistas e público, de encher casas de espectáculos, não há razão para não se ouvir música portuguesa. Todos nós já ouvimos e gostamos acredito que gostemos de, pelo menos, um projecto português. Pode ser cantado em inglês e causar alguma confusão mas até a MTV (canal de culto para a geração que, maioritariamente, escreve no wall Blitz) dá imenso relevo à música feita em Portugal.
Que os coliseus e casas de espectáculo continuem cheias de boa música portuguesa!

Joao Nuno Silva disse...

Nem Mais,:)

toze pedro disse...

Desabafa antes que a coisa fique lassa!
Só para destacar que nunca como neste ano foram editadas tantas e boas obras de músicos portugueses no circuito de jazz!
Deixa-me enumerar alguns:
- Lisbon Underground Music Ensemble
- Red Trio
- Hugo Carvalhais
- Bernardo Sassetti Trio
- Mário Laginha
- Sei Miguel
- Carlos Bica & Matéria Prima
- Rodrigo Amado
- etc, etc....
Temos também uma das melhores editoras de jazz do mundo, a Clean Feed e este ano assistimos ao surgimento da JACC Records. E ainda a Creative Sources com reconhecimento global na estética da música improvisada.

Outra grande surpresa do ano para mim foram os Gala Drop com o ep "Overcoat Heat" (obra híbrida, construída entre géneros: kraut-rock, electrónica, música ambiental, dub, psicadélica). Simplesmente GENIAL!!!!

Sou pela abolição de todas as fronteiras e na música nem outra coisa faz sentido, no entanto, quando o que é nacional é bom, melhor ainda fica!

abraço e continua a dar música à malta!

Joao Nuno Silva disse...

Obrigado pelas "dicas" Tó Zé, enquanto puder continuarei a "dar música" à malta! :)

José disse...

Pois é... e quando oiço frases como esta, num concerto de uma banda de Tramagal, "eh pá para quem canta em português, até que nem é mau!".
Mas muito honestamente, já nem perco tempo com estas coisas, pois os números falam por si, sobretudo no tocas às assistências.
Se bem que há quem ache que quem tenha mais de 25 pessoas no público não é bom... a quem servir a carapuça que a enfie!

Ana Patrícia Marques disse...

Subscrevo tudo João Nuno! Obrigada também pelo teu blog que é mais um excelente spot de divulgação :) E parabéns à música portuguesa, que todos os dias me conquista com a sua qualidade e crescimento.

Joao Nuno Silva disse...

Obrigado Ana, da minha parte tudo farei para divulgar o que de melhor se vai fazendo por cá. :)

Coronel Iogurte disse...

Antena 3 e agora a Vodafone FM!
A sério, eu fiquei mesmo surpreendido! Vão ao site e votem na playlist. As mais votadas passam mais vezes na rádio, e é espectacular a quantidade de roque enrole português na lista! Está a voltar o ar de rock!

http://www.vodafone.fm/