quarta-feira, 7 de novembro de 2012

The Parkinsons no Mercado Negro

Foi a 5 de Outubro que os The Parkinsons vieram ao Mercado Negro apresentar Back to Life o álbum que marca o seu regresso depois de alguns anos de silêncio.
Este autêntico “Dream Team”, como Victor Torpedo (guitarras, voz, letras e etc.) lhes chamou, em declarações recentes à revista Blitz, ao referir a entrada do baterista Kaló para a formação que conta ainda com Pedro Chau no baixo e Afonso Pinto como vocalista, deu um concerto muito acima da média, nesta sala aveirense.
 Além de vários temas do último disco que está carregado de grandes canções, foram tocados temas da vida anterior do grupo, dos tempos em que chegaram a ser um caso sério de popularidade, ali nos primeiros anos deste século.
 Eles, sem qualquer tipo de peneira ou complexo, tocaram como se fosse a primeira vez, deram o litro e mostraram que quem faz as coisas com gosto, toca em qualquer palco e sempre com garra.
 Na sua carreira tocaram em Festivais como o T in the Park, Glastonbury ou Reading, ainda no início deste Verão estiveram no Optimus Alive e este Inverno andam por salas mais pequenas, a mostrarem o que valem, e valem muito. Carregados de boas canções, eles sabem bem, como “fazer a festa”, seja para centenas, ou para dezenas, o que importa é o Rock.
 Foi uma noite cheia de suor e muito rock’a’abrir”, à qual, para ser a noite perfeita, apenas lhe faltou um bocado mais de “loucura” por parte do público que pareceu um pouco apático e pouco interventivo.
 Vale a pena ver os The Parkinsons ao vivo, quanto mais não seja para aprender como se faz um grande concerto.

Mais fotos aqui.

Sem comentários: